Equipa perde com fraude do árbitro

9 Setembro, 2017

A equipa perdeu hoje por 0-1, contra o 1º de Maio de Benguela, num desafio da 24ª ronda do campeonato nacional da primeira divisão, que esteve ao alcance dos caseiros do princípio ao fim.

Porém, apesar do golo “limpo” do 1º de Maio de Benguela, a equipa viu ser-lhe anulada uma grande penalidade visível. Próximo do lance, o juiz da partida, Miguel Mateus, fez olhos grossos fingindo que não viu a mão a bola do defesa benguelense.

Mesmo sob protesto da equipa técnica, o trio de arbitragem nada fez, prejudicando o bom futebol que a formação do Moxico demonstrou, através de jogo dinâmico, criatividade no meio campo, porém, houve alguma ineficácia.

Dabanda, Jó Paciência, e Djó assinalaram os falhanços da tarde num jogo em perdeu-se nos minutos finas (89´), com golo marcado pelo avançado Alé, mercê de uma desatenção defensiva.

Na próxima jornada a equipa joga contra o Sagrada Esperança da Lunda Norte, na cidade do Dundo.


Comments

  1. Naldo - 17 Setembro, 2017 at 18:54

    Gostei.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Galeria

  • imagem
  • Imagem
  • ETAH REFORÇA MAQUIZARDES
  • Imagem
  • DIRECÇÃO EXECUTIVA SEGUE PREPARAÇÃO DA EQUIPA
  • MOMENTOS DO PRIMEIRO CONTACTO COM JOGADORES EM BENGUELA.
  • Pedro Neto Com Bravos do Maquis final da Taça de Angola
  • Bravos do Maquis Conquista Taça de Angola
  • imagem_2
  • imagem_1