Zaire


ZAIRE
Área Total
40.130 Km2

População
567.225

Temperatura
26ºC

Clima
Tropical Húmido

6 Municípios


Zaire é uma província de Angola situada no extremo noroeste do país. Tem uma área de 40.130 km² e a sua população aproximada é de 568 mil habitantes.

A província do Zaire está localizada entre o Oceano Atlântico a oeste, a norte faz fronteira com a República Democrática do Congo, a leste com a província do Uíge, e a sul com a província do Bengo. A província enquadra-se na zona de transição e caracteriza-se pelo seu terreno plano.

É constituída pelos municípios:

M’Banza Kongo
Soyo
N’Zeto
Cuimba
Noqui
Tomboco

A sua capital é M’Banza Kongo, que dista de Luanda em cerca de 481km e a 314 km do Uíge. Foi a capital do antigo reino do Kongo e designou-se São Salvador do Congo até 1975.

Estrada de N’zeto – M’banza Congo. Foto: Taha Ayoub

Clima

Tropical úmido e semi-árido. A temperatura da região varia de 24ºC a 26ºC. Tem duas estações: de Novembro a Maio, a época das chuvas; de Junho à Outubro, a época seca.

Acessos

Pela estrada é possível vir de Luanda, passando pelo Bengo.

Há 2 aeroportos, um no Soyo e outro em M’Banza Congo, que recebem aviões de grande e pequenas dimensões.

Aeroporto do Soyo

População

A língua nacional falada na província é o Kikongo. A etnia predominante da região é a Bakongo.
A população desta província vive também da pesca artesanal, do processo de salinização e da actividade agrícola.

Mediateca

Economia

Os principais recursos naturais são o petróleo, o fosfato, o cobre, ouro, zinco, betume, volframio, estanho, mica, chumbo, magnite, vanádio, madeira e piscatório.

A extracção mineral é sobretudo de petróleo, ferro, zinco, asfalto e fósforo. No Soyo estão instaladas as principais empresas petrolíferas que sustentam a maioria da população.

A agricultura é de mandioca, café, cítricos, amendoim, batatas, castanhas de caju, banana, massambala, óleo de palma e óleo de rícino.

Indústria: pesca e materiais de construção.

A pesca artesanal é uma das fontes mais importantes dos rendimentos de uma parte da população, especialmente ao longo da costa marítima. Existem também actividades pesqueiras nos rios e lagoas, principalmente no rio Zaire, entre Soyo e Noqui.

Pecuária: caprinos, suínos e galináceos.

Natureza

Caracterizada por uma savana e floresta densa e húmida, esta floresta possui madeiras de alto valor. A mais conhecida delas é o pau-preto.

A província possui alguns rios, sendo os principais, Zaire, Mbridge, Lufunde, Zadi, Cuilo, Buenga.

A Visitar
Pedra do Feitiço, localizada no Soyo

Spell Stone
Baia da Musserra, situa-se a 56km de N’Zeto e é óptima para banhos e desportos náuticos
Cavernas do Zau Evua, a 80 km do município de M´Banza Kongo
Quedas do rio M’Bdrige, localizadas em Cuimba oferecem nas suas águas agitadas condições para canoagem e rafting
Foz do Rio Congo, onde o encontro do rio com o mar provoca um ruidoso espectáculo de rara beleza

Rio Congo
Canal Pululu, no kwanda, cidade do Soyo, onde um passeio de canoa motorizada é o idela para apreciar a paisagem
Canal do Kimbumba, situado a 2km a leste da cidade do Soyo
Grutas de Senga
Praia das Sereias, no Soyo, ideal para relaxar e bons banhos

Sereia Penninsular
Praia dos Pobres, localizada numa zona nobre da cidade do Soyo, na margem esquerda do rio Zaire
Baia da Musserra, situada em N’’Zeto a 56 km da sede do município
Yala Nkuw (Árvore da força ou do sangue)– fica em M’’Banza Kongo, sendo o único exemplar em África e o lugar onde o Rei do Congo executava as sentenças; segundo a lenda local, esta árvore sangra em honra de quem se senta debaixo dela
Ruínas da Sé Catedral, 1ª igreja de Angola, construída em 1491, em M’’Banza Congo. Foi visitada pelo Papa João Paulo II
Museu Kulumbimbi, antiga Casa do Rei, situada em M’’Banza Kongo
Largo das Igrejas (Sé Catedral Kulumbini, Igreja Baptista, Diocese)
Porto Rico e Porto do Pinda, que serviram de porto para exportação de escravos
Ponta do Padrão, situada no Soyo, o 1º porto que serviu para a descoberta de Angola por Diogo Cão em 1482
Praias N’zeto – Zaire
Praias N’zeto – Zaire. Foto: Taha Ayoub

Festas

As festas da Cidade ocorrem a 25 de Julho em M’’Banza Kongo, e a 5 de Abril no Soyo.

Gastronomia

Os pratos típicos são a sacafolha (feito com folhas de mandioca), pratos feitos com peixe fresco e seco acompanhados de funge de bombo e pratos com carne de caça.

PATROCINADORES