Técnico lamenta falta de sorte

3 Setembro, 2017

O técnico-adjunto da equipa, Gilberto Amaral, lamentou sábado, no Luena, a falta de sorte que impossibilitou a formação marcar golos no desafio contra o Desportivo da Huila, terminado numa igualdade sem golos, pontuável a ronda 23.

Em declarações à imprensa, afirmou que apesar de a equipa fazer tudo durante os 90 minutos de jogo para ganhar, não se conseguiu concretizar as oportunidades criadas.

Tranquilizou a massa a associativa, prometendo fazer melhor no desafio contra o 1º de Maio, no próximo dia 9, no estádio Mundunduleno.

Com o empate, a equipa passar a ter 25 pontos, no 11º posto.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Galeria

  • imagem
  • Imagem
  • ETAH REFORÇA MAQUIZARDES
  • Imagem
  • DIRECÇÃO EXECUTIVA SEGUE PREPARAÇÃO DA EQUIPA
  • MOMENTOS DO PRIMEIRO CONTACTO COM JOGADORES EM BENGUELA.
  • Pedro Neto Com Bravos do Maquis final da Taça de Angola
  • Bravos do Maquis Conquista Taça de Angola
  • imagem_2
  • imagem_1